Segunda-feira, 18 de Junho de 2007

Água é vida!

A Terra é  o planeta azul. Quando visto do espaço o nosso planeta apresenta essa tonalidade, que lhe advém da presença da água. Podia até ter-se chamado planeta água e não terra. A água é tão visível que segundo alguns, o nosso planeta deveria chamar-se oceano e não Terra.

            A água encontra-se na Terra nos estados líquido, sólido e gasoso tanto à superfície, como no solo ou na atmosfera. Todos nós sabemos que a água se movimenta na Terra em circuitos que envolvem mudanças de estado, como a evaporação, a condensação, a solidificação ou a fusão.

            O ciclo da água é constituído por circuitos de duração variável. Existem gelos retidos na Antárctida há milhares  e mesmo milhões de anos, enquanto que, por exemplo, a água da chuva se pode evaporar em poucos minutos.

            O tempo de permanência da água em determinados pontos do seu ciclo é também variável. Pode ser de alguns minutos a uma semana, por exemplo, na atmosfera; de duas semanas a um ano no solo; de duas semanas a dez mil anos no subsolo; de dez mil anos nos glaciares e cerca de quatro mil anos nos oceanos!

            A precipitação é o retorno da água atmosférica à superfície terrestre. A água resultante da precipitação pode ter destinos diferentes: uma parte evapora-se, outra parte infiltra-se e outra parte ainda escorre à superfície, indo alimentar rios, lagos e, finalmente, perder-se no mar ou em bacias interiores.

            As plantas e os animais, por transpiração e respiração, intervêm também nestes circuitos.

            Calcula-se que a água renovável no mundo seja cerca de 41022000000000 metros cúbicos. Parece muito, quase infindável. Mas se pensarmos que este número corresponde a uma pequeníssima parte da água existente no planeta, concluímos que a água é coisa que não irá faltar.

            Porém, quando analisamos alguns dados, verificamos que poderá ser diferente. De facto, 97% da água que existe na Terra é salgada, constituindo os oceanos e mares! Com ela, no estado actual da ciência, não podemos alimentar nem beber de maneira fácil e barata.

            A água doce corresponde a 3% da água que existe no nosso planeta e encontra-se repartida por gelos (77,36%), água subterrâneas (22,1%), águas superficiais continentais (0,33%), humidade no solo (0,17%) e água na atmosfera (0,03%).

            Facilmente se conclui que nem toda a água está disponível. O gelo existe nas calotes glaciáricas que cobrem a Antárctida e oceano Glacial Árctico e ainda nos glaciares de montanha. A água existente na atmosfera, a que pode cair na Terra, representa muito pouco.

            Para concluir, acrescento que o volume de água  no estado líquido dos oceanos terá tendência a aumentar, como já  se verifica, devido ao aquecimento global do planeta. Embora possam estar vários factores relacionados com este aquecimento, a poluição atmosférica será com certeza um dos principais. Como consequências continuaremos a ter uma subida no nível do mar, a destruição progressiva de dunas, praias, inundações junto à costa, avanço do mar sobre a costa.

            Embora sendo um recurso renovável, a água deve ser protegida, utilizada racionalmente e recuperada depois de utilizada. A escassez de água doce pode vir a tornar-se um dos graves problemas deste século, pois as contaminações, explorações excessivas, os lixos nela depositados, as fossas sépticas mal construídas, a aplicação excessiva de adubos, as indústrias,  degradam a qualidade da mesma.

            Uma palavra final para os países pobres, que se debatem diariamente com a escassez de água potável e com uma série de doenças contagiosas em que a água serve de importante veículo transmissor.

publicado por cerqueira-paulo às 19:55
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De britney a 18 de Junho de 2007 às 19:59
Eu tento poupar agua metendo a agua da banheira num balde( quando esta a correr para aquecer), assim poupa.se muitos litros e serve para a sanita :)
De cerqueira-paulo a 18 de Junho de 2007 às 21:20
eh eh, boa ideia. Isso é que é poupar, sim senhor. O planeta agradece...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.arquivos

. Setembro 2018

. Abril 2018

. Fevereiro 2018

. Dezembro 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Janeiro 2015

. Junho 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Junho 2012

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Junho 2006

.posts recentes

. 110 Hertz, a long time a...

. Sultans of Swing/Going Ho...

. Save The Planet!

. Temas fáceis para aprende...

. Novo tema (Approuching) -...

. Dobradinha e Triplete!

. Taça é festa?

. Que clima é este??

. E se for Sérgio Conceição...

. O próximo treinador do FC...

.tags

. todas as tags

.web counter geography

web counter
web counter

.Clica aqui!

.counter

Online psychic
blogs SAPO

.subscrever feeds