Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Benfica, hoje e sempre

Meus caros, bem sei que a maior parte de vós são adeptos do fêquêpêa, mas aqui fica um tributo a todos os benfiquistas sofredores, um texto que escrevi há tempos para um jornal local.

Na desportiva...                                                                                                

 

 Benfica,   hoje e sempre

 

Falar do Sport Lisboa e Benfica é mais do que falar de uma instituição ou uma empresa de Futebol. O Benfica é um clube que arrasta multidões, de norte a sul do  país, sendo uma referência incontornável de um país que se fez conhecer por todo o mundo.

O  Benfica nasceu em 28 de Fevereiro de 1904, ainda sob a designação de Sport Lisboa (ou Grupo Sport Lisboa), quando um grupo de jovens oriundos de Belém  se reuniu com uma sede imensa em jogar à bola. Não tinham sequer um campo de futebol, contando com  a Companhia de Caminhos de Ferros (CP) que foi fechando os olhos à utilização dos seus terrenos  situados no local onde hoje se encontra a Praça do Império.

Alguns nomes ficaram para sempre na história  na formação do clube e da sua institucionalização, como António Zeferino, Cosme Damião, Francisco Calisto, Manuel Goulart,  entre outros, que assinaram a acta da sua fundação. Fundou-se o Sport Lisboa. Em 13 de Setembro de 1908 o grupo Sport Lisboa fundiu-se com  o Sport Club de Benfica, constituindo-se o Sport Lisboa e Benfica. Nesta época o Ciclismo era também uma das principais modalidades.

No seu longo historial de vitórias, o Benfica conquistou o primeiro tri nas épocas de 1935 a 1938;  em 1936-37 o Benfica venceu por 7 a 0 ao FC  Porto; em 1939-40 venceu por 5 a 0 ao Sporting; em 1943, venceu por 12 a 2 ao FC Porto,  juntando nesse ano o campeonato e a taça (a  primeira “dobradinha”); a primeira taça de Portugal foi conquistada em 1940 contra o Belenenses; o Benfica venceu a Taça Latina (contra o Bordéus) em 1950, que era o troféu mais importante da Europa na época, projectando o clube além fronteiras;

            De 1952 a 1959,  um senhor chamado Otto Glória, treinador brasileiro,  fez uma pequena revolução no Benfica, com toda uma  reestruturação do futebol, começando o estádio da luz a ser palco de memoráveis triunfos. Á inauguração do Estádio da luz (1954) seguiu-se a profissionalização do futebol,  a criação do Lar do Jogador.  Vivia-se numa época em que o Benfica vencia uma final da taça com uns 5 a 0 frente ao FC Porto (1953).

            Com a orientação de Bella Guttman, o Benfica atravessou   no início da década de Sessenta uma fase de ouro, ao vencer a primeira Taça dos Campeões Europeus em 1961 (Berna), num jogo frente  ao Hearts da Escócia. Este jogo foi dos  mais marcantes da sua história, em que a bola chegou a embater várias vezes no poste da baliza do Benfica nos últimos minutos.  Foi preciso coração!

 Alguns nomes como o de Mário Coluna, José Aguas, Santana, José Augusto, Germano, Costa Pereira, Coluna, merecem destaque. Umas verdadeira lendas do futebol. Em Amesterdão no ano 1962 o Benfica tornou-se Bicampeão Europeu. Eusébio (!) marcou aqui o seu primeiro golo para a Taça dos Campeões Europeus.

Nesta fase , Guttman era considerado um treinador mágico, caracterizado pelo seu extremo profissionalismo e  muita capacidade  na observação dos jogos. De lembrar que o Benfica disputou mais cinco finais europeias. Mas também foi dele que saiu uma frase que se tornou uma verdadeira “maldição”, pois o Benfica não mais ganhou nenhum campeonato da Europa.

            Mas foi o grande Eusébio que se tornou o maior símbolo do Benfica. “É ouro!” exclamou Bella Guttman. E  era mesmo um dos melhores jogadores do mundo.  Era o “abono de família”, “bota de ouro” algumas vezes, teve também papel primordial na “saga dos Magriços” no campeonato do mundo de 1966. Era o “Rei Eusébio”. Era e é muito humilde, coisa rara hoje em dia.

            De destacar ainda o treinador Jimmy Hagan (1971 e 1972), com  a “equipa maravilha” da época,  mais tarde Vítor Baptista .

 Posteriormente, começou a fase da abertura do nosso mercado a jogadores estrangeiros, muito questionada pelos sócios do Benfica, para quem era uma questão de honra ter uma equipa exclusiva de jogadores portugueses. Enfim, as alterações do pós 25 de Abril. Mesmo assim, o Benfica continuou cheio de fulgor, e da “equipa maravilha” dos anos 70, o Benfica ganhou em espectacularidade com o treinador Erikson (sucedendo ao saudoso Boroti), levando o Benfica à final da Taça Uefa em 1983.  Bento na baliza, Humberto Coelho ( quando voltamos a ter assim um Central?)  Carlos Manuel, Chalana (!), Filipovic, Pietra, Nené, Diamantino, Shéu, Veloso, Álvaro, eram jogadores dessa época. E eram também símbolos da luz.

            Faça-se uma breve referência, breve porque é triste, à fase de 1988 até hoje, pois é quando  começa a verdadeira crise do Benfica. Em 1988 o clube foi à final da Taça dos Campeões. Mas a crise já era anunciada, e o clube já tinha perdido a estabilidade que sempre o caracterizou.   A compra e venda de jogadores passou a ser como uma “placa giratória”, perdendo simbologia, perdendo mística, perdendo unidade e identificação. Ganhou o campeonato de 1993 e nunca mais ganhou nenhum. Uma tristeza.

A chamada “mística”  pode ser formada com alguns símbolos de referência (como o Eusébio), mas também por uma atitude humilde e de entrega ao clube que começa desde o massagista, ao guarda-roupa, passando pelo apanha-bolas e todo um balneário de jogadores heterogéneo. Ou seja, união. É o que o FC Porto tem, e embora seja um clube mais pequeno ( sem ofensa) tem sobrevivido melhor à mudança dos tempos.

É claro que o Benfica não é um clube que se cinge a uma cidade ou região. É um clube universal. Mas tem vivido muito acima das suas posses, com gestões ruinosas para as contas do clube, milhões de contos de dívidas, dispensas e contratações desastrosas, presidentes vigaristas ou loucos. Quando falta organização, humildade, união dentro do clube e quando não há dinheiro, a estrutura começa a falhar e o clube começa a cair. A águia voa mais baixo e está ferida.  É como um  monstro adormecido.

            É também o reflexo da sociedade actual. Impera  o interesse do capital, na facturação, no lucro. Haverá espaço no mundo empresarial para o coração, a paixão clubística? Foi este mesmo amor desmesurado, imenso, pelo clube, que o arruinou financeiramente,    vivendo acima das suas possibilidades, ficando um Benfica  sem rumo, pobre, fragilizado para gáudio dos clubes rivais. Estes, de tanto terem “levado” anteriormente, agora riem-se deste  pobre monstro enfraquecido.

            É bom que renasças, Benfica.

 Viva o Benfica!

                                   Alguns dados foram baseados no livro “Benfica”, do Diário de Notícias

 

Paulo Cerqueira

 

publicado por cerqueira-paulo às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

Tenta resolver!

As  brancas jogam e ganham. Vê se resolves!

 

 

 

 

 

 

As Brancas jogam e ganham...Trata-se de um a Dupla Judia, parece incrível mas é verdade

 

 

publicado por cerqueira-paulo às 22:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.arquivos

. Dezembro 2018

. Setembro 2018

. Abril 2018

. Fevereiro 2018

. Dezembro 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Janeiro 2015

. Junho 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Junho 2012

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Junho 2006

.posts recentes

. Uma Casa no Deserto - nov...

. 110 hertz a long time ago...

. 110 Hertz, a long time a...

. Sultans of Swing/Going Ho...

. Save The Planet!

. Temas fáceis para aprende...

. Novo tema (Approuching) -...

. Dobradinha e Triplete!

. Taça é festa?

. Que clima é este??

.tags

. todas as tags

.web counter geography

web counter
web counter

.playlist

.Clica aqui!

.counter

Online psychic
blogs SAPO

.subscrever feeds